ESTUDANDO AS CLASSES GRAMATICAIS...
 
Na língua portuguesa há dez classes de palavras ou classes gramaticais:
 
   1- SUBSTANTIVO
6 - VERBO
2- ARTIGO
7 - ADVÉRBIO
3 - ADJETIVO
8 - PREPOSIÇÃO
4 - NUMERAL
9 - CONJUNÇÃO
5 - PRONOME
10 - INTERJEIÇÃO
 
SUBSTANTIVO é toda a palavra que denomina um ser; é usada para nomear pessoas, coisas, animais, lugares e sentimentos. Normalmente vem precedida de artigo.
Exemplo: O cachorro tomou banho. (Cachorro é um substantivo)
Os substantivos classificam-se em:
·                     Comum/ Próprio
·                     Concreto/ Abstrato
·                     Primitivo/ Derivado
·                     Simples/ Composto
·                     Coletivo
 
ARTIGO é a palavra que se coloca antes do substantivo para determiná-lo ou indeterminá-lo.
 Os artigos classificam-se em:
Definidos: o / a / os / as
Indefinidos: um / uns / uma / umas
 
ADJETIVO é a palavra que caracteriza o substantivo.
Exemplo: Aquela moça é muito bonita. (Bonita é um adjetivo)
 
NUMERAL é uma palavra que exprime número, ordem numérica, múltiplo ou fração.
O numeral pode ser: cardinal, ordinal, fracionário ou multiplicativo
 
PRONOME é a palavra que substitui ou acompanha o substantivo.
O pronome pode ser: pessoal, possessivo, indefinido, relativo, demonstrativo, interrogativo.
 
VERBO é a palavra que exprime ação, estado ou fenômeno da natureza.
 
ADVÉRBIO é a palavra invariável que modifica o sentido de um verbo, de um adjetivo ou de outro advérbio. Os principais advérbios indicam circunstâncias de:
·                     Tempo: ontem, hoje, amanhã, já, cedo, tarde, antigamente...
·                     Lugar: aqui, ali, acolá, aí, lá, perto, longe, acima, abaixo, dentro, fora...
·                     Modo: depressa, devagar, bem, mal, calmamente, alegremente...
·                     Intensidade: muito, menos, pouco, mais, bastante....
·                     Negação: não, absolutamente...
·                     Dúvida: talvez, provavelmente, possivelmente...
·                     Afirmação: sim, certamente, realmente....
 
PREPOSIÇÃO é uma palavra invariável que liga um termo dependente a um termo principal, estabelecendo uma relação entre eles.
As preposições essencias são:
A, ANTE, APÓS, ATÉ, COM, CONTRA, DE, DESDE, EM, ENTRE,
PARA, PERANTE, POR, SEM, SOB, SOBRE, TRÁS
 
 
CONJUNÇÃO é a palavra invariável que liga:
·                     duas palavras com o mesmo valor, numa oração.
·                     duas orações entre si.
 
INTERJEIÇÃO são palavras invariáveis que expressam uma emoção, um sentimento.
As interjeições mais comuns são
De alegria: ah! oh! oba!
De aplauso: viva! bis! bravo!
De chamamento: oi!olá! alô!
De dor: ui! ai!
De silêncio: silêncio! psiu!
De surpresa: oh! ah!
De advertência: cuidado! atenção!
De alívio: ufa! arre!
De admiração: ah!oh! puxa! nossa!
De desejo: oxalá, tomara!
De saudação: salve! viva! olá!
De terror: ui! credo! cruzes!
                                         
ATIVIDADES
1) Localize os substantivos que aparecem nas orações abaixo:
a) As pessoas estavam muito contentes na festa.
b) Todas as crianças parecem satisfeitas com o lanche.
c) A bicicleta de Paulo está com o pneu furado.
d) O garoto não entrou no teatro, porque esqueceu os bilhetes.
e) O cachorro quase me mordeu.
 
2) Classifique os artigos conforme o modelo:
            O senhor me dá um presente de aniversário?
            o = artigo definido, masculino, singular
um = artigo indefinido, masculino, singular
 
a) Ganhei uma caneta dourada.______________________________
b) Os irmãos ganharam doces._______________________________
c) A gaita era verde._______________________________________
 
3) Sublinhe os adjetivos presentes nas frases a seguir:
a) O sapo verde deu um pulo engraçado.
b) No meu pequeno jardim florescem violetas perfumadas.
c) A viagem a Ouro Preto foi instrutiva.
d) Quantos meninos eu vi, com roupas rasgadas e sapatos gastos!
e) Os belos e cantadores bem-te-vis acordam-me pela manhã.
 
4) O adjetivo caracteriza o substantivo de vários modos: bonito, por exemplo, atribui uma qualidade positiva; feio, uma negativa.
Atribua a cada item a seguir uma qualidade positiva e uma negativa:
a) camarada: _____________________________________________________________________
b) gesto: _____________________________________________________________________
c) roupa: _____________________________________________________________________
d) mulher: _____________________________________________________________________
 
5) Classifique os numerais sublinhados em cardinal, ordinal, multiplicativo ou fracionário:
a)Fernanda comeu um terço da torta. _________________________________________________
b)Esse filme é de segunda categoria. __________________________________________________
c)Lucas agora tem o dobro de trabalho na escola. ________________________________________
d)Maria e Ana convidaram seis amigas para jantar em sua casa. ____________________________
e)Aproximadamente cinquenta mães participaram da reunião. ______________________________
 
6) Dê o infinitivo dos verbos abaixo:
a) chegarei: ___________________________
b) subiram: ___________________________
c) coube: _____________________________
d) fizeste: ____________________________
e) pusesses: ___________________________
f) sumiu: _____________________________
g) estávamos: _________________________
h) amássemos: ________________________
i) perceberdes: ________________________
j) é: _________________________________
 
7) Classifique o pronome destacado nas frases abaixo:
a) Este animal não vai participar da exposição. __________________________________________
b) Vários atletas já chegaram. _______________________________________________________
c) Quantos ainda não votaram? ______________________________________________________
d)Há poucos erros na redação. ______________________________________________________
e) Ela sempre gostou de ler. ______________________________________________________
f) Nosso povo está despertando. ______________________________________________________
 
8) Identifique e classifique os advérbios conforme o modelo.
Luiza e Marcos viajaram bastante pelo mundo.
bastante: advérbio de intensidade
a) Não engoli coisa nenhuma.
_____________________________________________________________________
b) Convoquei imediatamente a família.
_____________________________________________________________________
c) Os pais de Amanda gostavam muito de viajar.
_____________________________________________________________________
d) A velhinha passava rapidamente pela fronteira.
_____________________________________________________________________
e) Os meninos hospedaram-se aqui.
_____________________________________________________________________
 
9) Sublinhe as preposições:
a) Conversamos sobre nossos estudos.
b) Sempre lutamos contra  má vontade de alguns.
c) Estou mais uma vez sem meu ajudante.
d) A criançada partiu para o acampamento.
e) Aquela chácara é de meus tios.
f) Você já viajou de avião?
 
10) Complete com a preposição adequada:
a) Saí __________ meus pais.
b) Estamos __________ luz há alguns minutos.
c) Minha família morou __________ Pernambuco vários anos.
d) Minha mãe gostava __________ conversar __________ arte.
e) __________ o juiz, ele não abriu a boca.
f) Estarei __________ Curitiba na próxima quinta-feira.
g) Deteve-se um instante ___________ observar o movimento ___________ pedestres.
 
11)Grife  as conjunções:
a) Saiu cedo, mas não voltou ainda.
b) Estava estudando, quando você me telefonou.
c) Você reage ou será dominado pela doença.
d) Não compareceu à reunião nem justificou a falta.
e) Não se afobe, pois dispomos de bastante tempo.
f) Ele falava e eu ficava ouvindo.
g) Compre um jipe ou um caminhão.
h) Esperei-o até tarde, porém  ele não veio.
 
12) Sublinhe a interjeição, relacionando-a às emoções do quadro abaixo:
alegria – aborrecimento – saudação – advertência – admiração
 
 
a) Nossa! Como ela samba! ____________________________
 
b) Cuidado! Trecho sem acostamento! _______________________
 
c) Olá! Como passou a noite? ______________________________
 
d) Oba, as férias estão aí! ________________________________
 

 e) Xi! Esse cara aqui de novo. _______________________________________________________ 

Classes das Palavras – Exercício em texto escolhido.

Vamos usar esta resenha do Filme ‘A Culpa é das Estrelas’ para fazermos um treinamento sobre as classes das palavras.

Para cada um dos parágrafos haverá uma tarefa específica.

Questão nº1 – Marcar e contar os substantivos e adjetivos do título e do primeiro parágrafo.

Questão nº2 – Marcar e contar os verbos e advérbios do segundo parágrafo.

Questão nº3 – Marcar e contar os pronomes e preposições do terceiro parágrafo.

Questão nº4 – Marcar e contar as conjunções e os artigos do quarto parágrafo.

Boa adaptação é o grande trunfo de A Culpa é das Estrelas

Entre erros e acertos, filme deve agradar leitores do livro homônimo.

    O cotidiano cruelmente monótono de Hazel (Shailene Woodley) durante o tratamento contra o câncer de pulmão, com incessantes maratonas de reality shows e incontáveis releituras do mesmo livro, é transformado quando ela é diagnosticada com depressão que, segundo ela, não é um efeito colateral da doença, mas sim um efeito colateral de estar morrendo e ser forçada a frequentar o grupo de apoio mais deprimente e com maior rotatividade do mundo formado por outros jovens com câncer. É lá que ela conhece Isaac (Nat Wolff), um jovem revoltado que está prestes a se submeter a uma cirurgia que o deixará cego e Augustus Waters (Ansel Elgort), que seria o perfeito galã de romance adolescente se não fosse por uma autoestima abalada e uma perna amputada. É por este que Hazel se apaixona.

    É este “amor granada”, como ela mesma diz, que tem prazo para explodir, que encanta em A Culpa é das Estrelas, adaptação cinematográfica do livro homônimo (e extremamente bem-sucedido) de John Green, que comanda o canal Vlog Brothers no YouTube ao lado do irmão Hank. O que poderia ser “apenas mais um filme sobre amor e câncer” é, na verdade, uma adição inovadora, que tenta aproximar o adolescente com câncer do adolescente comum.

    Elgort surpreende positivamente em sua estreia como protagonista. Ele, que já havia começado a desenvolver sua promissora química com Shailene em Divergente – na ocasião, no papel de irmão – complementa com precisão a personagem rouca e fisicamente frágil da atriz. A coragem, sensibilidade e intelectualidade de Hazel compensam suas limitações físicas e a tornam uma “heroína” forte, característica inédita em filmes do gênero.

 

    Como adaptação, o filme é um sucesso. Além de o roteiro – assinado por Scott Neustadter e Michael H. Weber, de (500) Dias com Ela – ser bem editado, os personagens reproduzem com exatidão as falas do livro. Não haveria porque ser diferente, já que Green assistiu de perto às filmagens e deu dicas e conselhos ao elenco talentoso. Outra dupla importante, formada por Mike Mogis e Nate Walcott, garante uma trilha sonora essencialmente pop, composta por Ed Sheeran, Jake Bugg, Charli XCX, The Radio Dept. e outros, que embala a história com harmonia. O diretor Josh Boone, que comandou em 2012 Ligados Pelo Amor, reforça com A Culpa é das Estrelas a assinatura graciosa e sensível ideal para o gênero romântico.

    Contudo, se o grande trunfo do romance é a brilhante abordagem do drama para um público jovem, a transição para o cinema o faz de forma menos sutil. A interpretação forçada de Laura Dern (Jurassic Park: O Parque dos Dinossauros, Veludo Azul) transforma o importante elo entre mãe e filha da história em uma relação artificial. Por vezes, o filme tende a forçar uma dramaticidade que viria naturalmente na trama, conduzida pela boa interpretação dos protagonistas. Os minutos finais do longa abrem a porta para clichês que não acrescentam absolutamente nada ao enredo. Afinal, quando se mistura adolescência, amor e a linha tênue entre a vida e a morte, não há a menor necessidade de inserir flashbacks românticos para extrair ainda mais lágrimas do espectador.

Fonte do artigo – A culpa é das estrelas

Depressão não é tristeza?

A teoria tradicional diz que a depressão é uma deficiência de serotonina – um neurotransmissor relacionado a funções como o humor, o sono e o apetite – e, para combatê-la, tudo o que os antidepressivos fazem é aumentar a quantidade dessa substância no cérebro. Mas duas questões nessa teoria intrigam os cientistas há algum tempo. A primeira é que, pouco depois de tomar esses remédios, o cérebro já está cheio de serotonina e, no entanto, nada acontece. O segundo é que os efeitos esperados só vão aparecer um mês depois. Um mês é exatamente o tempo que o cérebro leva para produzir novos neurônios e fazê-los funcionar. Foi daí que se suspeitou que existe uma relação entre a depressão e a queda na produção de novas células no cérebro.

Outros indícios reforçaram a hipótese: o estresse – um dos principais fatores que desencadeiam a depressão – também inibe a neurogênese, como se o cérebro estivesse mais preocupado em sobreviver ao fator estressante que em produzir neurônios para o futuro. Mas a primeira evidência concreta veio em 2000, quando cientistas americanos mostraram que os principais tratamentos antidepressivos aumentam a neurogênese em ratos adultos. No ano seguinte, percebeu-se também que bloquear o nascimento de neurônios em ratos tornava ineficazes os antidepressivos. Agora a esperança é encontrar uma forma de estimular a neurogênese e, com isso, aliviar a depressão. Ao que indicam esses estudos, essa doença pode não ser só um estado de tristeza, mas, sim, o efeito da falta de neurônios novos e da consequente perda da habilidade de se adaptar a mudanças. (SUPERINTERESSNATE. São Paulo: Abril, v. 229. ago. 2006.p.50.)

 

Responda:

1) Com que intenção foi publicado o texto que você acabou de ler?

2) O que vem a ser um antidepressivo?

3) O texto "Depressão não é tristeza?" é classificado como texto de divulgação científica. Como o próprio nome indica, esse tipo de texto é usado para transmitir ao público em geral, em linguagem acessível, informações, descobertas e novidades científicas. Mesmo assim, nesse tipo de texto acabam sendo empregadas palavras específicas da área de conhecimento abordada. Indique alguns desses termos e informe a que área do conhecimento eles fazem referência.

4) Um leitor comum talvez não saiba o significado da palavra "serotonina". Que recurso o autor usou para que o leitor entendesse o texto, mesmo não sabendo o significado dessa palavra?

5) Nos textos, substantivos podem ser retomados por pronomes ou por outro substantivo com o qual guarda alguma relação de sentido. Nos trechos a seguir, indique a que substantivos referem-se os termos destacados:

a) "...os antidepressivos fazem é aumentar a quantidade dessa substância no cérebro."

b) "...A primeira é que, pouco depois de tomar esses remédios, o cérebro já está cheio de serotonina..."

c) "Um mês é exatamente o tempo que o cérebro leva para produzir novos neurônios e fazê-losfuncionar."

d) "...para combatê-la, tudo o que os antidepressivos fazem é aumentar a quantidade dessasubstância no cérebro."

6) Observe os termos destacados nos trechos a seguir:

"...tudo o que os antidepressivos fazem é aumentar a quantidade dessa substância no cérebro."

"...cientistas americanos mostraram que os principais tratamentos antidepressivos aumentam a neurogênese em ratos adultos."

A que classe gramatical pertencem as palavras destacadas?

Observando o modelo em questão, indique a relação semântica estabelecida pelas preposições expressas nas orações que seguem:

Amanhã iremos a Brasília.

Relação semântica de lugar.

a – Voltaremos à tarde do passeio.
b – Ela só sai com os amigos.
c – Em determinadas situações devemos agir com calma.
d – Viajamos para Maceió.
e - Profissionalize-se para obter sucesso na sua carreira. 
f – Por não ter se esforçado, não obteve um bom resultado. 
g – Falamos muito do acontecido durante a reunião.
h – Com as fortes chuvas ocorridas, as estradas estão em péssimas condições de tráfego.
i – O cão morreu de fome.
j – O avião sobrevoou sobre a cidade por um bom tempo.
l – O portão foi todo pintado a pincel.
m – Ele foi conduzido a socos para prestar depoimento.

CLASSIFIQUE OS ADVÉRBIOS SUBLINHADOS:

 

1.    Depois me ofereceram uma lata de comida.

2.    Eu senti que eles não iam me entender nunca.

3.    Isso está muito interessante!

4.    Embora de barriga vazia, latia  dentro.

5.    Foi assim que eu perdi um grande amigo.

6.    Eu sempre lhe dizia isso.

7.    Engoliu o bolo depressa.

8.    Imediatamente ele caiu.

9.    O bandido estava longe.

10.  Ele  nem me reconhecia.

11.  Fiz tudo muito calmamentedevagar se chega mais depressa.

12.  As ilusões andam sempre na frente e as desilusões atrás.

13.  Teu irmão partiu ontemmeio triste. Talvez não o vejas tão cedo.

14.  Uns comem pouco; outros demais.

15.  Às vezes vemos pessoas que falam bem e agem mal.

16.  A casa era muito velha, o telhado  meio torto.

17.  Como se faz para obter água bem limpa?

18.  Sentiu-se extraordinariamente forte.

19.  A cidade hoje é bom diferente do que foi outrora.

20.  A máquina trabalhava ininterruptamente.

21.  Vive-se bem aqui.

22.  Ele agiu corretamente.

23.  Levantou cedinho e aprontou-se bem depressa.

24.  Há coisas muito caras e pouco úteis.

25.  Ficou meio tonto com o vinho.

 

Sublinhe os advérbios das frases e diga as circunstâncias que indicam:

 

1.    Certamente, a família da viúva não era muito unida.

2.    Nunca tinham visto um crime tão engenhoso.

3.    O homem talvez não vá para o hospício, mas para uma prisão.

4.    A família provavelmente adorou o fato de ele ter ido para muito longe.

5.    O plano dele não funcionou muito bem.

6.    No dia seguinte almoçamos num restaurante e tomamos vinho; depois, num bar,  fiquei alisando ternamente suas mãos.

7.    Aos três meses de vida, passa muito bem o primeiro macaco-aranha nascido em cativeiro, proeza realizada no centro de primatologia, no RJ, único lugar do mundo onde essa espécie pode ser legalmente criada.

 

8.    A irmã ouviu o miado do gato e berrou para o Joãozinho:

     - Já disse para você deixar meu gato em paz e não puxar o rabo dele!

O menino respondeu:

- Eu só estou segurando. Quem está puxando é ele.

 

9.     Dois pescadores conversavam:

  -      Pois é, semana passada eu pesquei um lambari de dois metros, aqui mesmo neste rio.

-        Dois metros? Fantástico! Pois ontem eu vim aqui e pesquei um lampião aceso!

-        Aceso?? Não acredito!

-       Vamos fazer o seguinte: diminui o seu lambari que eu apago o meu lampião!

 

 

Amplie as frases com os advérbios pedidos:

 

1.    Isso não fica ........................... para um rapaz da sua idade.( modo)

2.    .........................chegou a hora da viagem.( tempo)

3.    Ela ...........................chorava.(negação)

4.    Eu .....................................................a conhecia.(afirmação)

5.    Houve um momento ...................................engraçado.( intensidade)

6.    Estou .....................................orgulhoso  de você.(intensidade)

7.    .........................eles esperem você.(dúvida)

8.    ..........................eles esperassem muita coisa.( dúvida)

9.    A sala dele ficava ....................................da minha.(lugar)

10.  Lutei .....................................para conseguir o que eu tenho.( intensidade)

11.  Recebeu-nos.................................................(modo)

12.  Ouviam-se sinos ..........................................( lugar)

 

Complete o texto com os advérbios abaixo:

 

       

 ali – assim – não – lá – depois -  ainda - aí

 

                         O FILHO DA MÃE

                        

                                                        Fernando Sabino

                         Ah! Aquele menino! ..........................acaba me botando maluca. E nem 11 anos tem. Pois outro dia, não foi pedir dinheiro emprestado para o gerente do banco ................... em frente? Me viu fazendo um empréstimo, achou que era só pedir e eles davam. Então foi até ............. – eu quero tirar um dinheiro ................. O gerente ..............................me contou. Quanto você precisa? Uns dois mil? Dois mil? Para que você precisa de dois mil reais? Ele disse que era para comprar uma prancha de surfe. O gerente explicou que não podia ser ...................., tinha de encher uns papéis, a mãe dele tinha de assinar. Ele coçou a cabeça, desanimado: a gorda ........... assinou. A gorda sou eu. 

 

Retire do texto:

 

* um advérbio de  tempo      * dois de lugar             * um de negação        * um de intensidade

                        

                        Em 1900, na cidade de Paris, foi oferecido um prêmio para quem se comunicasse com um extraterrestre. Como todo mundo acreditava que existia vida em Marte, não ganharia o prêmio quem se comunicasse com os marcianos, pois era fácil demais. 

Circuito fechado.jpg (223136)

Leia o texto acima. Ele conta um dia na vida de um homem. Escolha um pequeno trecho, em que apareça uma ação completa. Desenvolva esse trecho, indicando detalhes e características psicológicas do personagem de modo que o leitor entenda o que se passou com ele. Escreva o texto, utilizando a norma culta. Seja criativo e não tenha preguiça de explorar todas as possibilidades da cena com descrições. Bom trabalho!

Simulado de recuperação - 3º tri.docx (236799)

GABARITO do simulado de recuperacao do 3 tri.docx (17006)

Queridos alunos, acima há um simulado da Prova de Recuperação e seu respectivo gabarito. Façam a prova e depois confiram os resultados. Qualquer dúvida, estou à disposição no plantão. Beijos! Cris.

EXERCÍCIOS SOBRE VERBOS NO MODO IMPERATIVO 

NÃO ESQUECER: O modo imperativo é usado na gramática para dar comandos, ordens, fazer um pedido, um convite ou dar um conselho. Muito usado em propagandas e mensagens publicitárias, o modo imperativo tem por objetivo induzir o indivíduo a uma ação. O imperativo não admite a primeira pessoa do singular. Ele pode aparecer de duas formas: imperativo afirmativo e imperativo negativo. 

 

1. Nas frases abaixo, identifique o verbo no modo imperativo, classificando-o em imperativo afirmativo ou imperativo negativo. Diga, também, em que pessoa o verbo está conjugado: 

a) Bom dia! Levante, seu dorminhoco. O sol já está alto! 

b) Não dê as costas para a sorte! 

c) Venha escolher o livro que quiser! 

d) Dança! Exercitar-se faz bem à saúde e ao coração. 

e) “Estudem para a prova, alunos!” 

f) Por favor, faze silêncio! 

g) Não escutes música tão alto! 

h) Não escute música tão alto! 

i) Saia agora mesmo daí! 

j) Corram até a sala e fechem as janelas. 

2. Conjugue os verbos entre parênteses na 2ª pessoa do singular:

 __________ (bater) os ovos com o açúcar, óleo, achocolatado e farinha, depois ____________ (adicionar) a água quente e por último o fermento em pó. __________ (assar) em forno com temperatura média por 40 minutos, ___________ (desenformar) quente. Cobertura: _________ (colocar) todos os ingredientes em uma panela e __________ (levar) ao fogo até que levante fervura, ___________ (despejar) ainda quente em cima do bolo. 

3. Conjugue-os, agora, na 3ª pessoa do singular: 

__________ (bater) os ovos com o açúcar, óleo, achocolatado e farinha, depois ____________ (adicionar) a água quente e por último o fermento em pó. __________ (assar) em forno com temperatura média por 40 minutos, ___________ (desenformar) quente. Cobertura: _________ (colocar) todos os ingredientes em uma panela e __________ (levar) ao fogo até que levante fervura, ___________ (despejar) ainda quente em cima do bolo 

4. Use I para Modo Indicativo, II para Modo Subjuntivo e III para Modo Imperativo: 

a) Espere ( ) um pouco, garoto. 

b) Queres ( ) que eu volte ( ) logo? 

c) Gostaria ( ) de que todos fossem ( ) felizes. 

d) Devolvam ( ) tudo, nós lhes suplicamos. ( ) 

e) Quando estiverdes ( ) com ele, resolvereis ( ) isso. 

f) Não sejam ( ) teimosos! 

5. Destaque as formas verbais das frases abaixo, indicando-lhes as flexões: 

a) Colhíamos as flores sempre à tardinha. 

b) Por que ficaste pouco na festa? 

c) Não tenhais medo. 

d) Torço para que os jovens fujam das drogas. 

e) Era certo que não defenderiam injustiças. 

f) Quando partires, ficaremos com saudade.

g) Regresse logo, por favor. 

6 . Reescreva as frases, mudando os verbos, todos no imperativo, para a 2ª pessoa do singular e para a 3ª pessoa do plural: 

a) Ouça meus conselhos. 

b) Fique atrás de seus pais. 

c) Vá logo. 

d) Faça silêncio. 

e) Creia em Deus. 

f) Dê atenção a todos. 

7. Preencha as lacunas com as formas verbais indicadas entre parênteses: 

a ) Nós sempre ______________________ que ele voltaria. (saber – pret. mais--que-perf. simples ind.) 

b) As crianças ______________________ devagar. (ler – pres. ind.)

c) Ela ______________________ por notícias tuas. (ansiar – pres. ind.) 

d) Nós _______________todas as tardes, mas elas não_________________. (passear – pres. do ind.) 

f) Quem ______________________ os livros para mim? (trazer – fut. pres.) 

g) Ele ______________________ pôr o vaso na janela? (poder– pret. perf. ind.) 

h) Se __________________ , irei contigo. (querer – fut. subj.) 

8. Complete com o verbo FALAR, no imperativo afirmativo: 

a) Quando precisar, ______________________ comigo. 

b) Quando precisarem, ___________________ comigo. 

c) Quando precisardes, ___________________ comigo. 

d) Quando precisares, ____________________ comigo. 

9. Complete com as formas adequadas dos verbos entre parênteses: 

a) Se chegasses mais cedo, a cena. (ver) 

b) É preciso que as crianças ____________ o desafio. (vencer) 

c) Quando nós ______________ as cartas no correio, avisaremos. (pôr) 

10. Reescreva as frases usando o imperativo afirmativo: 

Ex: Sairei mais cedo hoje. Saia mais cedo hoje. 

a)Terminarei a pintura logo. ____________________________________________________ 

b)Farei uma propaganda interessante. ____________________________________________ 

c)Trarei os doces e as bebidas. _________________________________________________ 

d)Falarei com ele. ____________________________________________________________ 

11. Reescreva as frases no imperativo negativo: 

a)Viaja imediatamente! _______________________________________________________ 

b)Viajem agora! _____________________________________________________________ 

c)Volte Cedo! _______________________________________________________________ 

d)Volta Cedo! _______________________________________________________________ 

e)Diga a verdade! ____________________________________________________________ 

f)Dize a verdade! ____________________________________________________________ 

g)Liga o rádio! _______________________________________________________________